Boletim de Janeiro

1

de Março, 6ª feira, pelas 19:00h Recital de piano Teresa da Palma Pereira

O Grémio Literário promove, na Biblioteca, um recital pela pianista Teresa da Palma Pereira com o seguinte programa:

M. Ravel - La Valse
S. Prokofiev - Montecchi & Capuleti
S. Prokofiev - Vision Fugitive n. 17, "Poetico"
S. Prokofiev - Sonata n. 7
O recital será seguido de jantar ao preço de 30,00€ por pessoa.

4

de Março, 2ª feira, pelas 20:30h Festa de Carnaval

Tal como em anos anteriores, o Grémio Literário vai realizar no dia 4 de Março um jantar de Carnaval, com animação musical a cargo de Stefano Saturnini como já é habitual.

Venha ao Grémio e traga os seus convidados - caso não queira usar nenhum traje ou disfarce carnavalesco, teremos ao vosso dispor gratuitamente alguns apontamentos divertidos que assim o farão aderir ao espírito da festa. Aguardamos as vossas inscrições, e lembramos que os lugares são limitados ao espaço de que dispomos sem prejuízo da pista de dança.

O preço do jantar é de 45,00€, por pessoa.

14

de Março, 5ª feira, pelas 18:45h
1ª Sessão 1846: Fundação do Grémio Literário: a Revolução Liberal e o Romantismo - Herculano e Garrett
Ciclo de 4 colóquios TRADIÇÃO E REVOLUÇÃO: O GRÉMIO LITERÁRIO NA MUDANÇA DOS TEMPOS

O Grémio Literário, com a coordenação do Embaixador Luís Filipe Castro Mendes promove, ao longo deste ano, um ciclo de 4 colóquios sob o tema Tradição e Revolução: O Grémio Literário na Mudança dos Tempos, cuja primeira sessão se intitula

1846: Fundação do Grémio Literário - a Revolução Liberal e o Romantismo – Herculano e Garrett

Pretende-se, a partir da data da fundação do Grémio Literário, que ocorreu no mesmo ano da insurreição da Patuleia, debater o significado da Revolução Liberal em Portugal e a manifestação dessa mudança histórica no Romantismo em Portugal, do qual fundadores do Grémio Literário, como Alexandre Herculano e Almeida Garrett, foram expressão cimeira, tanto na literatura como na política do seu tempo.

O historiador Fernando Catroga, professor catedrático de História da Universidade de Coimbra, e a Professora de Literatura Comparada, Helena Carvalhão Buescu, professora catedrática na Universidade de Lisboa, farão a introdução/conferência deste debate, que será moderado por Luís Filipe Castro Mendes, e alargado aos presentes.

A sessão será seguida de jantar, pelas 20:30h, ao preço de 30,00€, por pessoa.

18

de Março, 2ª feira, pelas 19:00h
Ciclo Literário: Apresentação da obra de Maria Alzira Seixo

Integrada no Ciclo Literário e por iniciativa do Dr. António Aires Gonçalves, Presidente do Conselho Literário, o Grémio Literário promove uma sessão dedicada à apresentação da obra de Maria Alzira Seixo, sendo conferencista o Dr. José Manuel Mendes.

Maria Alzira Seixo, Professora catedrática de Filologia Românica da Universidade Lisboa, leccionou ainda nas Universidades de Évora, do Minho, de Paris IV, de Poitiers, da Califórnia em Santa Bárbara, de Utrecht, de Lovaina, de Götingen, de Chicago, de Johns Hopkins, de Dakar, de Harare, de Macau, de Pekim, de Bangkok, de Melbourne, do Rio de Janeiro, de Minas Gerais, da Polinésia Francesa e da Nova Caledónia. Foi presidente da Associação Portuguesa de Literatura Comparada, da Associação Internacional de Literatura Comparada, da Federação Internacional de Línguas e Literaturas Modernas - FILLM. Coordenou o Seminário “A Viagem na Literatura” com sessões em vários continentes, de Capetown a Dili.

A sessão será seguida de jantar ao preço de 30,00€ por pessoa.

19

de Março, 3ª feira, pelas 19:00h
Conferência – Caminhos de Santiago

Por iniciativa do Consócio Prof. Doutor António de Vasconcelos Tavares, o Grémio Literário promove, no dia 19 de Março pelas 19 horas, na Biblioteca, uma Conferência subordinada ao tema “Caminhos de Santiago”.

Os Caminhos de Santiago são os percursos efectuados pelos peregrinos que afluem a Santiago de Compostela desde o século IX para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo suposto sepulcro se encontra na catedral desta cidade.

A peregrinação foi uma das mais concorridas da Europa medieval e a sua importância só era superada pela da Via Francigena (com destino a Roma) e Jerusalém, sendo concedida uma indulgência plena a quem a fizesse.

A promoção de Compostela como centro de peregrinação teve o beneplácito de Carlos Magno, que nela via mais uma forma de defender as suas fronteiras de invasões árabes. A notícia espalhou-se por toda a Europa cristã e os peregrinos começaram a acorrer ao lugar do sepulcro, o chamado Campus Stellae ("Campo da Estrela"), que degenerou no termo Compostela.

caminhos de santiago

Depois de vários séculos relativamente esquecida, a popularidade da peregrinação tem crescido, substancialmente, desde os anos 80 do século passado, embora grande parte das pessoas que fazem actualmente o Caminho — nome pelo qual é também conhecida a peregrinação — não o façam por motivos religiosos. Foi declarado Primeiro Itinerário Cultural Europeu em 1987 e Património da Humanidade (na Espanha em 1993 e na França em 1998). Em Portugal está em curso uma candidatura para também conseguir esse estatuto.

O Caminho tornou-se um itinerário espiritual e cultural de primeira ordem, que é percorrido por centenas de milhares de pessoas todos os anos, contando com 327378 peregrinos em 2018. De salientar que 20% destes peregrinaram pelo Caminho Português.

A apresentação estará a cargo do Prof. Doutor João Queiroz e Melo, que, como certamente muitos sabem, liderou o primeiro transplante cardíaco no nosso país, em 1986. Reformado e mantendo o interesse de sempre pela Medicina, após leccionar na Universidade Católica e receber em 2018 o Prémio Nacional de Saúde, tem-se dedicado a ajudar a reconstruir os Caminhos de Santiago em Portugal. Começou a caminhar aos 50 e tal e até hoje, aos 73 anos, palmilhou milhares de quilómetros, com uma notável satisfação física e espiritual.

A sessão será seguida de jantar ao preço de 30,00 €, por pessoa.

3

de Abril, 4ª feira, pelas 14:30h
O Chiado, o Carmo e O Coração das Trevas (The Heart of Darkness)

Partindo das preocupações estéticas, literárias e civilizacionais da obra de Joseph Conrad, O Chiado, o Carmo e O Coração das Trevas (The Heart of Darkness) é a designação geral da 11ª edição do projecto do Chiado / Carmo.

Este ano é estabelecida uma estreita relação entre o Tamisa, o Congo e o Tejo, enquanto lugares simultaneamente naturais e simbólicos de interligação entre a Europa e África, com um Coração de Trevas que lhes é comum. A par destas preocupações, devido à diversidade de autores participantes (ensaístas e artistas plásticos), são também abordados temas como a questão proto-modernista e modernista do Fluxo da consciência (Stream of Consciousness), as artes na esfera pública, mas também o empreendorismo desvairado no espaço público, um certo "Rapto da Europa", ou a angústia em ver, quase impotentes, as novas e rudimentares Jangadas de Medusa (Géricault há 200 anos!) completamente à deriva na garganta do Mediterrâneo, tendo algumas dessas embarcações dimensões menores que a tela do pintor francês.

As conferências serão apresentadas pelos seguintes autores: Sara Belo (Artista e Investigadora, FBAUL); Prof. Wernher Bouwens (Escola Superior de Belas Artes de Paris); Prof. Fernando Rosa Dias (FBAUL); Prof. José Quaresma (FBAUL).

O projecto inclui ainda quatro exposições internacionais, com a participação de 41 artistas (estudantes e docentes) de quatro instituições europeias de Ensino Artístico Superior, a saber: Faculdade de Belas Artes (Lisboa), École Nationale Supérieure de Beaux-Arts (Paris), Facultad de Bellas Artes da Universidad Castilla la Mancha (Cuenca), e a Strzemiński Academy of Art Łódź (Lodz).

12

de Abril, 6ª feira, pelas 19:00h
Jantar leilão no Grémio Literário

Seguindo o sentido de Arte, Ciência e Sociedade, a Associação Humanitária de Apoio a doentes com Cancro da Mama “Unidas para Vencer” e o projecto de voluntariado nacional e internacional MarcaMundos, pertencente à Associação de Estudantes da NOVA Medical School, a que se juntou o Grémio Literário, uniram as mãos para esta iniciativa, com um jantar, exposição e leilão de arte beneficente, a realizar no Grémio Literário, sob o título “ A Mulher Idosa e o Cancro”.

O produto deste leilão reverterá em favor de doentes portadores de cancro da mama e em favor da missão de auxílio em Moçambique e no Peru, iniciativa do MarcaMundos.

O produto deste leilão reverterá em favor de doentes portadores de cancro da mama e em favor da missão de auxílio em Moçambique e no Peru, iniciativa do MarcaMundos.

O preço do jantar é de 25,00€ por pessoa.