Boletim de Abril

18

de Abril, 4ª feira, pelas 19:00h - Sessão Comemorativa do 172º Aniversário do Grémio Literário

Na data do 172º aniversário da aprovação dos Estatutos do Grémio Literário, por carta Régia de Dona Maria II, vai realizar-se uma sessão comemorativa, na Biblioteca, durante a qual será entregue o Prémio Grémio Literário 2017 bem como as menções honrosas, sendo o júri constituído pelos membros do Conselho Literário.

O Prémio Grémio Literário 2017 é constituído por uma escultura da autoria do consócio José de Guimarães, que graciosamente a ofereceu para o efeito.

A sessão será aberta pelo Presidente do Conselho Director, Dr. António Pinto Marques, seguindo-se a cerimónia de entrega das distinções atrás referidas.

No seguimento desta cerimónia está previsto um momento musical com Luisa Tender, que acompanhará ao piano o Tenor Bruno Menezes Ribeiro.

Finda a sessão será servido um jantar, ao preço de 40€ por pessoa.

Atendendo à solenidade do acto, solicita-se aos homens o uso de fato escuro.

19

de Abril, 5ª feira, pelas 18:00h - Conferência

Por iniciativa do Consócio Dr. Paulo Noguês, o Instituto Benjamim Franklin realiza, na Biblioteca, uma conferência subordinada ao tema “A arquitectura moderna e vanguardista de Cassiano Branco entre os finais dos anos 20 e 30 do século XX: uma interpretação a partir da documentação do Arquivo Municipal de Lisboa.”

A conferência fica a cargo do Doutor Paulo Batista.

20

de Abril, 6ª feira, pelas 18:00h - Lançamento de livro

O Grémio Literário, em colaboração com o Centro Nacional de Cultura, organiza, na Biblioteca, o lançamento do livro “Ao Encontro da História – O Culto do Património Cultural”, da autoria do Sócio Honorário e membro do Conselho Literário, Dr. Guilherme d’Oliveira Martins, cuja apresentação fica a cargo do Consócio Doutor Emílio Rui Vilar.

Esta obra, lançada no Ano Europeu do Património Cultural, procura aliar a ideia de peregrinação, no sentido de demanda de outros lugares e de outras gentes, através da sua história, à memória da cultura e da língua portuguesa como língua de várias culturas e cultura de várias línguas.

O autor é, actualmente, administrador executivo da Fundação Calouste Gulbenkian e coordena, em Portugal, o Ano Europeu do Património Cultural (2018).

27

de Abril, 6ª feira, pelas 20:00h - Jantar/debate Ciclo “O estado do Estado: Estado, Sociedade, Opções”

As Forças Armadas têm sido ultimamente um tema recorrente no espaço público, suscitando debates nem sempre os mais informados sobre a sua vocação matricial numa sociedade democrática.

Num ciclo de jantares-debate promovido pelo Clube Português de Imprensa em parceria com o CNC - Centro Nacional de Cultura e o Grémio Literário, cujo tema genérico é “O estado do Estado: Estado, Sociedade, Opções” ter como orador-convidado, no próximo dia 27, o novo CEMGFA, Almirante Silva Ribeiro, é uma oportunidade soberana para conhecer o seu pensamento e programa de acção.

O Almirante António Manuel Fernandes da Silva Ribeiro nasceu em Pombal, a 14 de Outubro de 1957. É casado e tem dois filhos.

O seu currículo é invulgar. É Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas, desde o passado dia 1 de Março. Tem uma folha de serviços brilhante. Foi Chefe do Estado-Maior da Armada e Autoridade Marítima Nacional, tendo anteriormente exercido funções como oficial general de Diretor-geral da Autoridade Marítima e Comandante-geral da Polícia Marítima, de Superintendente do Material, de Director-geral do Instituto Hidrográfico, de Subchefe do Estado-Maior da Armada, de Secretário do Conselho do Almirantado e de Vogal da Comissão Consultiva de Busca e Salvamento.

Ingressou no Curso de Marinha da Escola Naval em 1974, tendo obtido a licenciatura em Ciências Militares-Navais. Foi promovido ao posto de Guarda Marinha em Outubro de 1978 e especializou-se em Hidrografia.

Possui o Doutoramento em Ciência Política e o Mestrado em Estratégia. Possui, igualmente, o Curso Geral Naval de Guerra, o Curso Complementar Naval de Guerra e o Curso de Promoção a Oficial General.

O Almirante Silva Ribeiro é um académico reconhecido, especializado nas áreas de Estratégia, Ciência Politica e História. Lecciona e supervisiona investigações em algumas das principais Universidades e Centros de Investigação de Portugal. É professor catedrático convidado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) e professor militar da Escola Naval.

3

de Maio, 5ª feira, pelas 20:00h - Conferência ao jantar “Análise clínicas: valores de predição ou valores de perdição...”

Por iniciativa do Consócio Prof. Doutor José Cortez vai ter lugar, na Biblioteca, uma conferência ao jantar subordinada ao tema “Análise clínicas: valores de predição ou valores de perdição...”.

Os exames complementares de diagnóstico são imperfeitos e se não forem criteriosamente pedidos, podem conduzir a decisões clínicas desajustadas que se transformam em perdas da qualidade assistencial, custos desnecessários e intranquilidade em médicos e doentes.

O preço do jantar é de 30,00€, por pessoa.

25

de Maio, 6ª feira, pelas 19:30h - Tertúlia: o liberalismo e a ameaça dos populismos na Europa e nos EUA

O Grémio Literário promove, por iniciativa do advogado André Abrantes Amaral e do Consócio Carlos Novais, uma tertúlia sobre o liberalismo e a sua resposta aos populismos que proliferam na Europa e nos EUA.

São convidados o Professor Doutor Vasco Pulido Valente, escritor e comentador político, e o Dr. Adolfo Mesquita Nunes, advogado, ex-Secretário de Estado do Turismo e vice-presidente do CDS.